Dá pra viver só com software livre?

Há algum tempo atrás me propus um desafio: fazer um site completo, do início ao fim, utilizando apenas software livre.

Primeiro de tudo busquei pelas alternativas ao softwares comerciais.

Photoshop > Gimp (na verdade usei o GimpShop, que simula os menus e o jeitão do Photoshop)

Dreamweaver > Aptana (editor html)

Illustrator > Inkscape (para imagens vetoriais)

Confesso que foi um desafio me adaptar. Mas jurei pra mim mesmo que utilizaria os programas sem qualquer pré-julgamento.

A primeira dificuldade que tive foi com a integração que os programas da Adobe possuem. Muitas vezes copiar e colar algo do Illustrator pro Photoshop facilita muito a vida. Já nos nossos amigos livres, temos que voltar ao tempo em que era necessário exportar o arquivo para um formato compatível e torcer pra ele ser importado corretamente.

Achei o GimpShop bastante limitado. Dá pra quebrar um galho com ele, mas à vezes você se sente dando volta imensas para fazer tarefas que no Photoshop seriam bem mais simples.

O Inkscape parece um Corel Draw piorado. A interface é feia e na época que o utilizei, era necessária a instalação de plugins pra fazer algumas coisas.

Já o Aptana me surpreendeu. Não deixa a desejar, a não ser por uma coisinha ou outra, como a falta de um conta-gotas de cor quando estiver editando um CSS. Mas isso nem chega a ser um pecado, me tornei fã dele! :)

Sou um grande entusiasta do software livre e de tecnologias open source. Acredito que talvez com mais tempo eu até poderia superar as dificuldades e me adaptar melhor aos programas.

Mas vale ressaltar que já faz pelo menos um ano ou mais que fiz esta brincadeira e, com exceção do Aptana, o Inkscape e o GimpShop nunca mais usei. Talvez tenham melhorado de lá pra cá, não sei.

E você? Já tentou fazer algo do tipo? Como se saiu? :)

4 thoughts on “Dá pra viver só com software livre?

  1. Guga

    Como alternativa ao Office, tenho usado o Open Office, tem resolvido a questão. Tem suas limitações, mas é excelente. Agora, quanto ao nosso querido Photoshop, nunca achei nenhum que me agradasse…

  2. admin Post author

    Ah, sim! Também uso ele bastante! Mas no caso foi um teste mais pro dia-a-dia do designer. Pra quem só usa internet e Office, um Ubuntu Linux é excelente! :)

  3. bebeto_maya

    Achei somente uma injustiça com o Inkscape. Não sei seu nível de proficiência nele, mas tem uma opção que te permite exportar somente a parte selecionada do vetor como imagem para composição Web, além da qualidade muito superior das cores e dos efeitos especiais da versão 0.47, quando comparado ao corel, principalmete. Os Snaps são suaves, o vetorizador é muito bom, a ferramenta de edição de curvas é um show, as ferramentas de alinhamento fazem milagres. Você pode simplesmente alinhar tudo com um clique: Um objeto em relação a página, em relação a outro objeto em relação ao último selecionado, etc.

    Com relação ao Gimp. Ele tem muitos recursos avançados que o nenhum soft tem. Como colar camadas como novas imagens, novas imagens como camadas, cortes como novas imagens etc. E o recurso de Script-fu com 50 logos pré-definidos, onde você modifica especificações e automatiza a criação de tipologias especiais. Além de seleção em retângulos arredondados e texturas muito rápidas.

    A percepção de ser uma ferramenta limitada (ao meu ver errônea), se deve a falta de marketing (que a Adobe tem de sobre) e a falta de documentação,

  4. admin Post author

    Oi Bruno!

    Concordo em partes contigo. Realmente não sou o mais expert em ambos os programas e conforme falei, talvez com mais tempo de uso eu poderia ter visto todos estes recursos que você me falou, que são bem bacanas! :)

    Agora, por enquanto, não abro mão do Illustrator. Ele é simplesmente excelente, amigável e tudo já está lá nele.

    Photoshop até dá pra abrir mão. Como meu foco é mais web, o Fireworks manda super bem. Tem um outro pra Mac chamado Pixelmator que promete!

    Mas valeu pelos seus comentários! Ninguém precisa concordar comigo e esta discussão é bastante saudável! :)

    Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>